sexta-feira, 19 de outubro de 2012

O escrito e o pensado

Jonathan Wolstenholme


Eu escrevo pensando.
Não. Eu penso escrevendo.
Eu escrevo enquanto penso.
Não. Eu penso enquanto escrevo.
Eu escrevo e penso.
Não. Eu penso e escrevo.
Eu escrevo, mas penso.
Não. Penso, todavia escrevo.
Escrevo porque penso.
Não. Penso porque escrevo.
Embora escreva, eu penso.
Não. Embora pense, eu escrevo.
Nem sempre penso no que vou escrever.
Não. Nem sempre escrevo o que penso.
Se penso é porque escrevo.
Não. Se escrevo é porque penso.
Eu penso pra escrever.
Não. Eu escrevo pra pensar.

Penso em escrever o que tinha pensado pensar.